terça-feira, 25 de março de 2008

Tenho as mãos trémulas. Tenho sempre as mãos trémulas, inseguras. Que porra. Para um gajo com a minha profissão isto não é fortuna. Comprei uma magnum 45. São fiáveis, robustas, frias, implacáveis. São tudo o que eu já não sou. Excepto a frieza. Ainda sou frio. Nas mãos.
Quero acreditar que ainda sou o assassino. Não um trolaró qualquer mas um exemplo para todos os que fazem da arte de matar a sua principal ocupação. Mas já não acredito. Sou apenas um velho trôpego que acaba agora mesmo de comprar uma bengala.
Tenho um trabalho para fazer. Coisa de pouca monta. Preciso de dar cabo do canastro a um tropa qualquer. Nem tem guarda costas, o feijão verde. Parece que por causa duma dívida de jogo que demora em acertar. Isto vai ser quase à queima roupa o que até calha bem, Vamos ver como se porta esta menina.


Menina, que delicado. Se não fosse objectora de consciência dava-te agora uma dica para te agradecer a gentileza. Mas não, quero ver como te safas. Estou com azar. O meu primeiro proprietário é um patêgo.. Uma nódoa no curriculum vitae duma arma da minha estirpe. Afinal não vai ser desta vez que vou reivindicar os meus direitos de objectora.


O gajo que vou rebentar é preto. Sai da senzala todos os dias à mesma hora para ir berrar ordens a meia dúzia de magalas indolentes com o tabaco ainda a saltar-lhes do umbigo. Desta vez, meu amigo, o que vais ver saltar é outra coisa. Se tinhas miolos, o que eu duvido muito, vais deixar de tê-los, fica sabendo. E depois, eh,eh, vai-te acontecer uma coisa pela qual andas a suspirar desde que nasceste, eh, eh eh… vais ficar branco..ah, ah…ops, cá vem o gajo…


Pobre homem. Refiro-me ao implacável avozinho, claro. Já devia estar reformado. Isto da reforma aos sessenta e cinco é cá uma coisa…


Que é isto?

Muito respeito, escarumba. ISTO é uma MAGNUM 45. Talvez já tenhas ouvido falar dela dos filmes do Eastwood. Mas vocês, espinafres, ainda usam aquelas Valters do tempo da primeira guerra. Isto é o rolex das armas de fogo e tu vais ter a honra de ires desta para o inferno, empurrado por esta menina…clic, clic, clic. ……..Clic clic??

Dê-me cá esta porcaria. Você já não tem idade para andar a brincar aos pistoleiros…

Ai, ai, ai…quase que me fino de tanto rir. O princípio da minha carreira é o fim da dele. senhor engenheiro Sócrates. Já viu o que aconteceu? Acha bem, isto?Toca a acertar as idades da reforma. A memoria do homem já não é o que era. E as balas, senhor, as balas? Pensa que me alimento de alpista ou quê…? Uf, que princípio de carreira.

2 comentários:

Maria das Mercês disse...

Um pistoleiro gagá. Muito engraçado!

Susana disse...

Muito me ri! Boa, Mário.