quarta-feira, 2 de abril de 2008

1º round. Toca a sineta.

Chegamos ao fim da primeira ronda de Corpo Insólito. Ou primeiro round se quisermos. Não houve vencedores nem vencidos, apenas um enorme prazer em escrever. Não sabemos se iremos continuar. Pelo menos respeitando este modelo. Creio que da parte da maioria há essa vontade de manter o corpo vivo. Eu sou a favor da eutanásia se se tornar necessário. Iremos decidir o que fazer agora em reunião a agendar. Bora?

5 comentários:

JNAS disse...

será isto um exemplo de um "young corpse" ???

Maria das Mercês disse...

É uma toque mas não a finados. Only the good die young!

Susana disse...

Vá, vá, nada de tocar requiem antes do tempo! Eutanásia é para os moribundos, não creio este corpo nesse estado... será mais baralhar e voltar a dar cartas.
Bom saber que nos acompanhas ainda JNAS, de tão caladinho julgávamos-te perdido do insólito!
Aos escrivães e acompanhantes desta aventura, bem hajam!

Mariana Matos disse...

e então? já decidiram? ;)

JNAS disse...

nEstimada Susana acompanho na sombra e com cautela pois com Jupíter, e outros "astros", não se brinca. Espero que ressuscitem este lindo corpo em estado comatoso.
JNAS