segunda-feira, 5 de maio de 2008

Entra o Senhor dos Passos de pé coxinho.

Jovem ai que tudo isto não me pode estar a acontecer
SP tenho sede
Jovem que lamuriento…posso saber o que fazes de pé coxinho e ainda por cima com esse peso todo às costas?
Entrou-me um espinho para o pé
Jovem Um espinho? Espera daqui a uma hora ou duas, que já vais ver o que te vai entrar para as mãos e para os pés…um espinho…não perdes por esperar
SPque dizes?
Jovem É isso mesmo que ouviste – cenas dos próximos capítulos. Leio a tv guia é o que é. A Paixão de Soraya, sexta feira às 22h
SP Sabes quem eu sou?
Jovem Claro. Toda a gente sabe e depois?
SP Então sabes que morri para te salvar
Jovem Vai contar essa a outro…eu não sou a minha avó…ela é que ia nessa cantilena. Morreste porque morreste, as pessoas morrem, sabias?
SP Morri mas ressuscitei
Jovem Ressuscitaste, ressuscitaste…e como é que nunca ninguém mais te viu
SP Fui para junto do Pai
Jovem Menino do papá, isso sim
SP Já vi que não acreditas na minha palavra. Vais ver como a tua avó acredita
Jovem A minha avó já morreu
SP Precisamente

Entra a avó também de pé coxinho

Jovem vó, mas tu não tinhas morrido?
SP E morri
Jovem Então faltaste à morte…chateavas-me por faltar às aulas e também tu afinal…
SP O senhor chamou-me
Jovem E vens assim sem mais nem menos? Quando estavas viva eras surda como uma porta. A gente chamava, chamava e tu nada
Jovem A voz do senhor é amor
JC Escuta jovem, amor.
Jovem Tá bem tá…tou a ouvir essa palavra de cinco em cinco minutos – sim, mor; não mor; vamos ao cinema mor; vamos ao café mor“; tens haxe, mor? Vó também te entrou um espinho para o pé?
Avó Não filho, caí nas escadas. Torci o pé e bati com a cabeça. Foi quando encontrei o senhor que me indicou o caminho da salvação
Jovem Devias andar sempre com o GPS na mala, assim não tinhas que falar com desconhecidos

4 comentários:

Maria das Mercês disse...

Aposto que Ionesco está orgulhoso de nós... eu também, apesar da veia pirómana...

Maria das Mercês disse...

E como não temos substituto para a insubstituível Rita, hoje faz-se uma pausa. Até porque tenho de recuperar do sufoco de estar 3 dias sem notícias vossas. Ou de Deus.

johnsilva disse...

"de estar 3 dias sem notícias vossas. Ou de Deus"

Deus mandou-me um telegrama esta manhã (o maldito ainda não tem mail). Pede desculpa por não ter dado notícias nos últimos dias, mas teve uma pequena inundação lá em casa. Foi o que deu e(E)le ter posto o pai afectivo do seu filho (aka S. José) a arranjar o autoclismo quando o homem é carpinteiro.

Judite Fernandes disse...

ganda mário
não sei o que tá a achar o ionesco, mas eu já dei umas quantas gargalhadas